Tráfico de Mulheres

Uma crueldade que interrompe sonhos e vidas, principalmente de crianças e mulheres. Preocupada com isso, resolvi repassar algumas orientações para que sua filha ou filho não se torne a próxima vítima, diz Eliana Barbosa, consultora em desenvolvimento humano, escritora e palestrante. 

  • Cuidado para não criar seus filhos como se estivessem em uma redoma de vidro. Muitas vezes, quando se tenta protegê-los de notícias ruins ou de novelas, você perde a oportunidade de lhes ensinar que a vida fora de casa pode ser dura e ruim.
  • Repressão na educação das filhas pode levá-las a procurar uma brecha para escaparem dos pais: umas se casam cedo e outras caem na lábia de pessoas mal intencionadas.
  • Mantenha um diálogo sempre aberto com seus filhos para que, diante de um perigo, eles possam lhe contar suas experiências e pedir ajuda.
  • O mundo está cheio de enganadores que sabem como ganhar a confiança e depois darem seus golpes. A melhor forma de se proteger a sua família é diante de pessoas que você conhece há pouco tempo, usar a polícia, a internet, o Procon, e outros meios para checar se o que elas dizem é verdade.
  • Como a Internet tem sido usada de forma perversa pelos traficantes de pessoas e também pelos pedófilos, oriente seus filhos para que não conversem com desconhecidos e se neguem a passar informações.
  • Ensine sua filha a fortalecer a autoestima, porque quando ela estiver bem autoconfiante, ficará mais difícil se iludir com o conto do dinheiro fácil ou com o “charme” desses bandidos.

Enviado e adaptado por: Inês Carvalho.
Fonte: Revista Malu/Abril/2013 – Eliana Barbosa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *