Síndrome do Vazio

Se uma mulher vive em função de seus filhos, num exagerado apego, e não se permite viver outros papeis, está se condenando a enfrentar um doloroso vazio quando eles buscarem sua independência. Essa sensação de carência afetiva e de perda do sentido da vida quando os filhos “batem asas” é chamada de síndrome do ninho vazio. Embora não seja algo muito fácil de vivenciar, veja como é possível encarar essa etapa da vida com menos sofrimento:

  • Seja flexível diante das naturais mudanças da vida, preparando se sempre para o novo.
  • Jamais responsabilize apenas seus filhos por sua felicidade.
  • Cuidado com o sentimento de autopiedade, que pode levá la inconscientemente, a adoecer só para chamar a atenção dos filhos.
  • Aproveite o momento para voltar a namorar seu marido (caso o tenha) ou para se abrir para um novo amor.
  • Adote um animal de estimação, que vai ocupar seu tempo ocioso e lhe encher de carinho e atenção.
  • Busque sua realização pessoal naquelas atividade que desempenhava antes da chegada dos filhos (artesanato, cursos, etc.) ou mesmo naquilo que você sempre sonhou em fazer, mas não teve chance até agora.
  • Reaqueça antigas amizades, aproveitando a oportunidade para se distrair mais.
  • Faça trabalhos voluntário, que vão dar novo sentido à sua vida, despertando sentimentos de autovalorização e solidariedade.
  • Abençoe seus filhos na jornada que escolheram para que eles se sintam livres da culpa por deixá la sozinha e evitem  futuras mágoas.

Fonte: Revista Malu. Set/11

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *