Renúncias Positivas

Há muitas possibilidades de exercitar a renúncia para bem próprio ou alheio. Oferecemos alguns exemplos. Seguramente você achará os mais adequados à sua natureza ou situação.

Abra mão de que os eletrônicos sejam elementos sempre presentes – (Inclusive a televisão). Selecionar entre a programação o que realmente valha a pena ver. Abrir mão de estar sempre conectado à internet.

Deixe o celular fazer só sua função. Assim ganha-se tempo para outras coisas, para um maior contato com a vida real, que está ao seu lado, inclusive as pessoas.

Abra mão de fumar (e de outros vícios) – Devemos estar no comando de nossa personalidade e de nossas ações. Podemos prescindir de “bengalas” químicas e de acessórios que só nos afastam de nós mesmos.

Abra mão de uma vida excessivamente sedentária – Esta também pode ser uma decisão positiva, é como deixar a preguiça de lado. Fazer algum tipo de exercício habitualmente (ginástica, passeio, esportes) nos ajuda física e psicologicamente.

Abra mão de preocupar-se só com assuntos próprios – Convém pensar um pouco mais nos demais. Ainda que estejamos atarefados, sempre é possível encontrar tempo para prestar atenção a familiares ou amigos que estejamos vendo pouco, ou então colaborar com algum grupo de ação social. Viver somente ‘ a própria vida’ estreita nossa visão e limita nossa experiência vital.

Enviado e adaptado por: Josiane Lins.
Fonte: Jornal Bem Estar/Maio/2013.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *