História da Pílula Anticoncepcional

Sua invenção teve enorme impacto social, ao liberar centenas de milhões de mulheres do fardo da gravidez indesejada.

Isso incentivou o surgimento de uma classe de mulheres profissionais nas sociedades modernas, e foi uma das prováveis causas da “revolução sexual” dos anos 70, ao permitir o sexo fora do casamento sem medo da gravidez.

A pílula foi desenvolvida por dois médicos americanos entre 1950 e 1955, Gregory Pincus e Carl Djarassi, incentivados pela feminista e ativista social Margaret Sanger (que inventou o termo – controle do nascimento) e Katharine McCormick, uma rica herdeira industrial, que financiou a pesquisa que levou, cerca de uma década à comercialização do primeiro anticoncepcional oral. Chamave-se Enovid e foi colocada no mercado em 1961, pela Searle.

Por: Anônimo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *