Conheça Alguns Esportes de Aventura

Arvorismo.
“A técnica nasceu com a necessidade de pesquisadores se moverem entre as copas das árvores para ajudar em seus estudos. Posteriormente, com a introdução de técnicas verticais, o arvorismo se tornou uma atividade ecoturística.

A ideia é que as pessoas possam mover-se de uma plataforma para outra, enfrentando alguns obstáculos.”, explica Sérgio Bernardi, expert em esportes de aventura.

Sim você pode! Pessoas de qualquer idade podem praticar. Inclusive, em alguns locais, o arvorismo pode ser realizado também por pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. 

Rafting
Já imaginou você e sua família descendo corredeira abaixo? A modalidade, que utiliza botes infláveis e outros equipamentos, como remos e coletes salva-vidas, está entre as favoritas dos esportistas de aventura.

Sim você pode! Não é necessário nenhum preparo para a prática de rafting. O que precisa é ter um forte espírito de equipe, já que é uma atividade que exige a participação de todos. 

Rapel
Além de ser usada para resgates em alguns lugares de difícil acesso, a modalidade conquistou muitos fãs que a utilizam para lazer.

Consiste em uma descida por rochas verticais com o auxílio de cordas.

Sim você pode! Sua saúde está em dia? Então pode se aventurar. Porém, o rapel não é indicado para pessoas com problemas cardíacos, de coluna ou articulações, ou que foram submetidas recentemente a algum tipo de cirurgia. 

Tirolesa
Prepare-se para voar – ou quase isso! “A tirolesa consiste em uma descida através de roldanas e um cabo de aço, onde a pessoa vai de um ponto a outro, tendo a sensação de sobrevoar a área”, explica.

Sim você pode! No turismo de aventura, cada pessoa é encaminhada para o nível de dificuldade que se adequa ao seu perfil, por isso, é importante que você procure uma operadora especializada. 

No caso da tirolesa, existe restrição do peso suportado pelo cabo, que pode variar de 30kg (tirolesas infantis) a 120 kg. Essa informação deve ser fornecida pelo operador. 

Caso você resolva praticar alguma atividade com mais frequência, é aconselhável procurar um médico para que ele possa fazer todas as avaliações necessárias. 

“Qualquer pessoa, com exceção de gestantes, portadores de marcapasso ou que possuam algum problema cardíaco ou fraturas recentes, pode praticar a maioria dos esportes de aventura”, ressalta Bernardi. 

Enviado por: Luciana Almeida.
Fonte: Malu/Abril/2013.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *