Como Funciona a Nossa Audição

A orelha humana é constituída por três partes: 

  • Orelha externa
  • Orelha média
  • Orelha interna 

As ondas sonoras entram no organismo por meio do conduto auditivo externo, chegando até a membrana timpânica, a qual entra em vibração, movimentando o martelo, a bigorna e o estribo (ossículos). Por sua vez, o estribo conduz o estímulo até a cóclea, que transforma as ondas sonoras em impulsos nervosos, que então, são transmitidos pelo nervo auditivo para o cérebro. Quando há deficiência em alguma dessas etapas, ocorre uma dificuldade de ouvir e entender, conhecida como perda auditiva.

O conceito de perda auditiva nem sempre é claro para a pessoa que se depara pela primeira vez com o problema, sendo o grau de perda auditiva calculado em função da intensidade necessária para amplificar um som.

Sintomas Comuns de Perda Auditiva:

  • Dificuldade para escutar em lugares em que as fontes de som estão distantes;
  • Dificuldade para escutar e entender televisão e/ou telefone;
  • Dificuldade para entender a conversação em um grupo de pessoas;

Os indivíduos afetados por uma perda auditiva comumente desenvolvem formas para tentar ouvir melhor em situações difíceis. Estas formas incluem: 

  • Pedir aos outros para repetir o que falaram;
  • Aumentar constantemente o volume da TV, rádio, etc;
  • Evitar reuniões sociais;
  • Fingir entender a mensagem recebida;
  • Buscar ajuda, para ouvir melhor, é uma excelente ideia para quem deseja readquirir sua potencialidade auditiva e, assim, usufruir plenamente tudo o que a vida pode oferecer.

Enviado por: Vera Regina Loureiro.
Fonte: SOS Dona de Casa Zona Sul/Março/2014.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *