Cistite em Crianças

A menina tem dificuldade para fazer xixi e sente dores horríveis quando vai ao banheiro. Um exame de urina decta o problema: cistite– inflamação na bexiga que afeta sobretudo garotas com mais de 1 ano. O tratamento recomendado pelos pediatras é, em geral, à base de antibióticos e dura pelo menos uma semana.

Depois, um novo controle da urina precisa ser feita . Na maioria dos casos, o remédio consegue expulsar os germes. Mas se eles insistem em permanecer, pode ser um sinal de que a causa da doença está no banheiro da escola, nem sempre um primor de limpeza. Aconselhadas pelas mães, as meninas evitam se sentar no vaso sanitário, mais sujo do que aqueles de sua casa. Por causa do incômodo, não consegue esvaziar toda e, muitas vezes, também não se enxugam com papel higiênico. Um convite para a infecção se instalar. É possível prevenir o mal, bastam algumas mudanças nos hábitos de sua filha.

Dicas:

  • Ela deve ir ao banheiro logo que acorda e, pelo menos, uma vez durante a manhã. Na hora do almoço, mais uma ida ao toalete. Á tarde, outras duas. E, obiamente, também antes de dormir.
  • É importante que a garota esvazie toda a bexiga, aprendendo a relaxar o esfinter- músculo que, quando contraído impede que o xixi escape. Se esse hábito de não deixar todo o líquido sair durar muito tempo, a criança pode desaprender a urinar.
  • Se sua filha sofre de infecção urinária, avise à direção do colégio, que deve comunicar o fato aos outros pais. Exija banheiros limpos na escola.Por: Patrícia Andrade
  • 3 comentários sobre “Cistite em Crianças

    1. DANIELA disse:

      minha única sobrinha sente dor ao urinar e não há como fazer a coleta da urina porque ela não deixa e como ainda usa fralda fica ainda mais difícil. ela foi ao médico e está fazendo tratamento com antibiótico. não entendemos o porque dela ter esse tipo de problema. ela vai à escola desde um aninho e lá as crianças brincam muito na areia. gostaria de saber se esse pode ser um motivo.
      grata, daniela

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *