Os Benefícios de Aprender um Instrumento Musical

Há coisas neste mundo que só os artistas sentem e percebem, e o músico é simplesmente um dos mais sensíveis. A música atinge lugares no ser humano que nenhuma outra arte chega. E aprender a tocar um instrumento musical é para todos. A relação com um instrumento musical pode ser uma alternativa para relaxar e esquecer o estresse do dia a dia. As vantagens que a música traz para a saúde são indiscutíveis e nunca é tarde para se começar.

A música provoca um forte impacto no cérebro e deve ser encorajada nas crianças desde cedo. Tocar instrumentos fortalece e melhora a coordenação motora. O estudo musical amplia o raciocínio nas crianças na escola. Crianças que estudam música têm melhor comportamento em salas de aula e apresentam uma redução de problemas disciplinares.

Pessoas de mais idade envolvidas em fazer música tem melhorias significativas na saúde.

Então já pensaram que instrumento gostariam de aprender? São tantos, escolha o seu : Flauta, piano, violão, guitarra, bateria, etc… E mãos a obra, divirta-se.

Enviado e adaptado por: Tânia Regina Muniz
Fonte: Tudo Perto/Set./2012

Hobby Terapêutico

Tocar um instrumento musical pode proteger o cérebro de doença como a depressão.

Depois de investigar diversos artigos científicos, pesquisadores da Universidade de Zurique, na Suíça, chegaram à conclusão de que a  prática musical ajuda a combater a ansiedade, a depressão e até o Alzheimer.

Continue lendo

Escutar Música

A música tem influência sobre nós em vários níveis;  nossa música favorita tende a transportar a mente aos lugares que gostamos. Estudos realizado por Sirgy, Cole Kosenko e Meadow.

Continue lendo

Lixo que dá Samba

Projeto Ciclo Natural usa técnicas de reaproveitamento para transformar dejetos em música. Tubos de PVA, pedaços de madeira, chaves velhas, tampinhas de garrafas Pet. Toda essa tranqueira é música para o pessoal do Ciclo Natural, uma ONG itinerante que cria instrumentos a partir do lixo e passa esse conhecimento adiante Brasil afora.

Continue lendo

Pixinguinha

“Se você tem 15 volumes para falar de toda música brasileira, fique certo de que é pouco. Mas se dispõe apenas do espaço de uma palavra, nem tudo está perdido. Escreva depressa: “Pixinguinha”. Ary Vasconcelos .
Alfredo da Rocha Vianna Jr. (1897 – 1973), o Pixinguinha, é o pai da música brasileira. Normalmente reconhecido “apenas” por ser um flautista virtuoso e um compositor genial, costuma-se desprezar seu lado de maestro e arranjador. Pixinguinha criou o que hoje são as bases da música brasileira. Misturou a então incipiente música de Ernesto Nazareh, Chiquinha Gonzaga e dos primeiros chorões com ritmos africanos, estilos europeus e a música negra americana, fazendo surgir um estilo genuinamente brasileiro. Arranjou os principais sucessos da então chamada época de ouro da música popular brasileira, orquestrando de marchas de carnaval a choros.

Continue lendo

História de Raul Seixas

Raul Seixas enquanto vivo sempre foi marginalizado e sua vida foi repleta de conflitos, problemas de saúde e vícios, após sua morte seu verdadeiro valor poético foi assimilado e atualmente é nosso maior fenômeno de vendas após a morte (É o nosso Bob Marley!). Ele sempre teve um olhar analítico sobre os problemas que afligem o homem moderno, deixando letras e poemas magníficos que será sempre lembrado pela nossa sociedade.
Raulzito nasceu em 28/06/1945, em Salvador. Filho de família classe média era extremamente caseiro e adorava devorar livros.

Para saber mais da história de Rauzito, leia todo o material

Continue lendo

Estilos de Música Eletrônica

O “rock tecnológico”, ou techno-rock, como era chamado, nasceu no início dos anos 70, com grupos alemães como o Kraftwerk, cujo trabalho tornou-se a principal influência da parceria David Bowie e Brian Eno nos álbuns Low (1977) e Heroes (78). Esses discos e a obra de seus inspiradores geraram o techno-pop da geração new wave, marcada por grupos ingleses como Human League, Solft Cell e Dpeche Mode. Na mesma virada de década, o americano Afrika Bambaataa casou o som do Kraftwerk com o funk, criando o electro.

Para saber mais sobre ente rítmo leia todo o artigo.
Continue lendo

Qual foi o primeiro cantor ou grupo de rock brasileiro?

Antes que existisse no Brasil gente desse tipo, já havia aqui gravações do gênero. A primeira foi uma cover de “Rock Around the Clock”, o hit de Bill Haley and His Comets que espalhou o rockn´roll pelo planeta. A tal cover- intitulada “Ronda das Horas”, mas com a letra original em inglês – foi gravada em outubro de 1955 por Nora Ney, especialista em sambas-canção.

Saiba mais sobre esta história, lendo todo o artigo.
Continue lendo

Aprenda a tocar Violão em 10 Videos Aula!

A pedidos! Aqui estou listando 10 videos ensinando passo a passo como deslanchar de uma vez por todas este popular instrumento + alguns programas úteis.

Programas úteis para violão:

Melhor Afinador: O APTuner – Você só precisa de um microfone para ajustar a corda do seu violão. É possível afinar violão, guitarra e até o cavaquinho

PChord: – Saiba todas as maneiras diferentes de montar um acorde, ou seja, sabe aquelas notas difíceis de fazer? PChord te auxilia criando todas as versões possíveis de um acorde e muito mais. Recomendo

A origem do nome Violão:

Em outros países de língua não portuguesa o nome do Violão é guitarra, como pode se ver em inglês ( Guitar ), francês ( Guitare ), alemão ( Gitarre ), italiano ( Chitarra ), espanhol ( Guitarra ). Aqui no Brasil especificamente quando se fala em guitarra quer se denominar o instrumento elétrico chamado Guitarra Elétrica.

Aulas em Vídeo de Violão:

Continue lendo

Como montar e divulgar uma banda

1. Freqüente muito as festas e eventos da faculdade. É fora da sala de aula que você interage de verdade com os colegas
2
. Fique ligado na galera que curte música e já tem banda
3
. Vá a todos os shows de música independente, dentro e fora da universidade
4
. Junte-se a quem você tem afinidade. A banda é como se fosse uma família. Não adianta forçar a barra com gente que não tem nada a ver com você

5
. Ensaie no mínimo uma vez por semana
6
. Para evitar dores de cabeça, registre o nome de sua banda (procure o INPI) e as músicas de sua autoria (no Escritório de Direito Autoral da Fundação Biblioteca Nacional
7
. Só publique um site da banda na Internet e disponibilize MP3 depois que já tiverem ensaiado muito. Se for precipitado, vai ser fácil queimar o filme
8
. Trabalhe a presença de palco. Não adianta ser só talentoso, é preciso ter uma boa performance e pensar em um estilo para os músicos
9
. Depois da banda estruturada, use e abuse de tudo o que a Internet proporciona: monte uma comunidade da banda no Orkut, entre em fóruns de discussão sobre música, conheça as bandas da cena independente, faça uma homepage no site Trama Virtual e no BDG (bandas de garagem), do UOL

10
. Não desista de estudar
11
. Não desencane da música. Corra atrás
Continue lendo

Dicas para violão e guitarra

• Nunca guarde seu instrumento com o braço encostado na parede você poderá empená-lo. Pode ocorrer com guitarras, violões e principalmente em baixos onde a tensão nas cordas é muito maior. O ideal e guardar dentro de suas respectivas caixas ou deitados.
• O tom de discar do seu telefone produz uma vibração de 440 MHz, que corresponde à nota Lá. Portanto, na falta de um diapasão para afinar seu instrumento, utilize-se do telefone.

Sempre que usar seu instrumento faça uma limpeza usando uma flanela bem liza, retire a gordura do corpo e das cordas e recomendado usar produtos de limpeza e conservação que são próprios para as cordas principalmente as de aço.

Limpeza do instrumento
Existem à venda produtos específicos para limpeza de instrumentos, corpo, escalas, cordas, etc. Prefira usar o material recomendado pelo fabricante (que pode variar conforme o tipo de acabamento e material do instrumento). A maioria dos fabricantes recomenda cera de carnaúba e a mesma pode ser encontrada em boas lojas de música. Jamais use produtos abrasivos (como cera de carro) ou solventes. Na falta de material adequado use um pano seco ou levemente umedecido. Importante Nunca deixe cordas enferrujadas em sua guitarra a ferrugem pode atingir outras partes metálicas do instrumento como os captadores.

Curiosidades
Dizem que o primeiro efeito de distorção foi obtido quando um guitarrista desejando um timbre mais rico perfurou com um lápis o alto-falante do amplificador (Nota: Trata-se do guitarrista da banda inglesa The Kings, que costumava se apresentar com agulhas espetadas nos alto-falantes dos amplificadores. Consta que a primeira música com “distorção” foi “You Really Got Me”). Com isso, havia a vibração em outros harmônicos devido ao ar que passava pelos furos

Continue lendo

Dicas de Como escolher a melhor Caixa Acústica

De todos os componentes de um home theater, a caixa acústica é, de longe, o mais difícil de escolher. É também o que executa o trabalho mais duro: reproduzir de forma realista e convincente tanto a voz humana como uma sinfonia, tanto o vôo do Apolo 13 como o canto dos insetos numa noite de verão.

A grande dificuldade na escolha das caixas acústicas é saber combiná-las com os demais equipamentos, e também com a acústica da sala, a decoração – e é bom incluir nesses requisitos o seu orçamento e a sua
expectativa em relação ao desempenho do sistema como um todo. No caso de um receiver, por exemplo, em geral há uma relação direta entre custo e performance, mas uma caixa mais cara não necessariamente toca melhor do que outra mais barata. Na verdade, o mercado está cheio de modelos com preço
superavaliado, e também outros tecnicamente subestimados. Pesquisando bem, pode-se encontrar verdadeiros achados, caixas melhores do que seu preço indicaria. Mas pode-se também pagar muito por um desempenho medíocre.

O primeiro passo para evitar esse perigo é entender, nem que seja em termos bem genéricos, a verdadeira função da caixa acústica e o seu funcionamento. Com isso, é possível combinar as caixas com a sala e o sistema eletrônico.

Continue lendo

Dicas e Truques de Violão.

Os trechos abaixo, foram extraídos da apostila

“Dicas, Truques & Exercícios”

de Walter Rocha Marques

A música é um processo principalmente mental, usamos os músculos para produzir os sons que queremos apreciar. É importante ter músculos bem treinados na arte musical para que obedeçam docilmente aos mais sutis comandos da mente, mas também é essencial que se tenha uma mente bem treinada nesse universo sonoro que nos rodeia. A grande vantagem é que a mente se desenvolve muito mais depressa do que os músculos e, como não tem limites físicos, pode crescer infinitamente.

Continue lendo