Cabelo Preso – 3 Razões para Amar seu Cabelo Preso ao Exercer uma Profissão

Há profissões em que usar cabelo preso é obrigatório. Veja como prendê-lo todo dia sem deixar um só fio quebrado.

Quem trabalha como recepcionista, garçonete, aeromoça. Enfermeira, copeira, faxineira ou babá, entre outras profissões, precisa usar cabelo preso.

  1. Ele valoriza o colo e a nuca, duas das partes mais femininas do corpo da mulher.
  2. Transmite seriedade e maturidade, portanto, use cabelo preso também nas entrevistas de emprego.
  3. Aumenta a autoconfiança. Além de deixar o rosto e a maquiagem mais evidentes, o cabelo o preso dá mais segurança profissional porque ninguém (nem você mesma!) fica tentando a passar a mão nele. Ou seja, onde você estiver, levará o recado: estamos aqui para trabalhar, não desfilar!

O Que Fazer:

  • Use pomada com protetor solar.
  • Se você prender e passar uma pomada ou gel qualquer, o cabelo vai “fritar” debaixo do sol. O protetor solar mantém a saúde do fio. Passe-o só no comprimento, sem encostar na raiz!
  • Passe laquê para domar os fios rebeldes.
  • Carregue o produto na bolsa e use quando os fios rebeldes começarem a surgir durante o dia.
  • Prenda em novas posições.
  • É bom variar o rabo de cavalo para o cabelo não ficar marcado. Mas inove com charme, usando coque (um dia alto, no outro baixo, no terceiro, desfiado), tranças (no meio ou laterais) e variando com o cabelo todo preso e só uma mecha da franja solta.

O Que Evitar:

  • Prender o cabelo molhado. Isso quebra os fios e ainda irrita o couro cabeludo.
  • Usar elástico desencapado. Prefira sempre recobertos com tecido.
  • Escovar com muita força. Isso é crime!
  • Ao pentear ou escovar, seja delicada. Ao prender diariamente, tenha mãos mais leves ainda.

Enviado e adaptado por: Silvia Campos.
Fonte: Ana Maria/Março/2014.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *