Barriga de Aluguel – Tire Suas Dúvidas

Veja o que diz sobre o assunto o ginecologista e obstetra Fernando Prado Ferreira, especialista em reprodução humana.

O Que é Permitido?

  • A nova resolução do Conselho Federal de Medicina (2013/13) permite que qualquer mulher (seja ela parente ou não) empreste o útero, desde que passe pelos exames, esteja saudável e não cobre por esse “aluguel”.
  • Antes só parentes próximos, como mãe e irmã, podiam alugar a barriga. A mãe receptora do feto precisa ter no máximo 50 anos e ainda se comprometer a não abortar.
  • Ela terá direito a toda assistência médica da gestação.

Como é Feita a Fertilização.

  • A fertilização é feita em laboratório (in vitro). Estimula-se a formação de óvulos da mãe doadora e eles são fertilizados pelo sêmen do seu marido. No caso da mãe sem óvulos de doadoras.

Quanto Custa a Inseminação?

  • No processo inteiro, a família interessada paga em torno de R$ 10 mil a R$ 25 mil (o valor inclui hormônios, laboratório, equipe médica etc).

Quero Ser Mãe de Aluguel, Como Faço?

  • São as mães que precisam da barriga de aluguel (chamado de útero de substituição) que fazem o recrutamento.
  • Você pode se oferecer para ela caso seja parente do casal.
  • Se não for parente, é necessário pedir autorização para o CRM (Conselho Regional de Medicina), que exige documentação (termo de consentimento da realização do procedimento; laudo de avaliação psicológica das pessoas envolvidas; termo de ciência de que a doação seja sem fins lucrativos; e laudo de avaliação clínica da doadora do útero favorável à gravidez).

Enviado e adaptado por: Salete Alencar.
Fonte: Ana Maria/Agosto/2013.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *